quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Maurice e Jasmin para adoção

Em 21 de junho uma amiga minha que trabalha num projeto lindo chamado Bicho no Parque doou 2 gatinhos (Maurice e Jasmin) para uma pessoa que parecia a adotante perfeita. Apartamento telado, ração Royal Canin, a família sempre teve gatos...

Eles se adaptaram numa boa, mas a adotante, não. Desde a adoção minha amiga recebia relatórios de que eles quebraram isto, que custou não sei quanto; que vomitaram naquilo, que foi comprado não sei onde; que desfiaram a cortina, que nem foi paga ainda; etc etc etc. Notícias boas, felizes, eram uma tremenda raridade... Enfim, minha amiga descobriu que eles até apanhar apanharam - e bastante.

Estão volta para adoção o tímido e falante Maurice e a superdoce, oferecida e, sim, estabanada, Jasmin. Estão aqui na minha casa como lar transitório (LT), mas precisamos urgentemente de divulgação desses dois.




O Maurice é tímido no início, mas fica um doce depois que se acostuma à pessoa, quer colo, conversa bastante (responde mesmo). É brincalhão, gosta de altura, mas é calmo. Tem 2 anos, está castrado, vacinado e microchipado.



A Jasmin é peluda, com pêlos entre os coxins (as almofadinhas) dos pés; é supercarinhosa e carente. Gosta muito de gente. Tem 1,5 ano, está castrada, vacinada e microchipada.

Os dois se ignoravam, ao serem adotados juntos, ficaram super companheiros, de um ir aonde o outro estava o tempo inteiro. A adoção de ambos juntos seria legal, mas não imprescindível.

Quem puder ajudar na divulgação, adoção, por favor, entre em contato, ok?

Obrigada.

12 comentários:

Carolina disse...

Tinha q dar um trato nessa adotante... denunciar essa vaca, maltratar animais é crime! Recebo mtos contatos de animais p adoção, até um cocker todo queimado com água fervente apareceu por aqui. Triste!!

**cherry** disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
**cherry** disse...

Dá vontade de matar essa vadia que os maltratou.

Vou me mudar no começo de outubro, se até lá eles estiverem sem lar, com certeza eu vou querer.

^^

Lúcia disse...

Minha pergunta não ajuda muito (até por que sou de PoA), mas como funciona o microchip? É fácil e barato de colocar nos bichins? No mais, parabéns pelo log, que eu sempre visito e adoro! =)

geovanna disse...

ai, queria muito.
mas não to podendo telar meu apartamento por enquanto não ... :(

AleX nObre ® disse...

Como faz pra adotar?
Mas acho que nem rola, pq tô em Fortaleza =/

Se não, pegava pra minha irmã. O gatinho dela morreu (mataram)
Ela já superou e convencí ela a pegar outro bixano. E se tratando desses 2 seria mais que maravilhoso

Ligia disse...

Droga, Lele, eu tava do seu lado ontem no Jacques Jannine no WP e não sabia que aquela Lele era "a" Lele. Estávamos em lavatórios vizinhos e trocamos duas palavras sobre a superpopulação de librianos no planeta. Só qdo o Marcelo disse que seu nome tinha umas 12 consoantes é que comecei a ligar o nome à pessoa. Tipos, o TDD é a minha religião! É a primeira coisa que leio de manhã e a última antes de dormir...
Paciência.
Um beijo pra você e pra sua amiga, a que faz aniversário junto comigo.

Lele Siedschlag disse...

hahaahah ligia! adorei
me adiciona no orkut

beijos

rachel walsh disse...

incrível teu amor por bichos

*rê* disse...

eu ficaria com oa Maurice, se morasse em sp, meu gatinho o Gato iria adorar uma companhia nova, pena q moro tão longe.

Gabriela Martins disse...

Lele, é com dor no coração que eu leio o seu post. Porque eu adoro gatos, sou vidrada neles e adoraria poder adotar, mas infelizmente ainda dependo economicamente dos meus pais e eles dizem "não" pra animais em apartamento.

Boa sorte pra arrumar um lar pros bichinhos.

Lá Ruivona disse...

Boa noite!

A Jasmin já foi adotada? Pergunto pois meu noivo sonha com uma gata linda e gorda em casa além do Freddo (esse sou eu que me encarrego de engordar, hihihi). Caso ainda não, já vou consultá-lo se podemos adotá-la. Nosso ap é telado e tem Royal Canin pra todo mundo! Só não garanto ficar com o Maurice, por causa do Freddo mesmo.

Aguardo notícias!

Obrigada,

Laíssa,